23/Jun/2018
Sábado - 23 de Junho de 2018
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Municípios

CAMPO GRANDE: Confraternização encerra segunda fase da Formação em Educação Contextualizada no Semiárido; Veja fotos

Por: Roberto - 02/06/2018

PPN-IMG-f83eae10445387f2e4b2.jpg

Na tarde desta sexta-feira, 01/06, a Prefeitura de Campo Grande do Piauí, por meio da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com o Governo do Estado, realizou uma confraternização com os professores da rede municipal e estadual que participaram da segunda etapa do curso de Formação de  Professores em Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido.

O evento de encerramento foi realizado na Pizzaria e Churrascaria “A Cantina”, e os professores contaram com a apresentação de música ao vivo, dos músicos locais Celso Sanfoneiro e Vando dos Teclados.

A formação, que teve início na última segunda-feira, 28, reuniu educadores de três escolas rurais do município: da Rede Municipal de Ensino, participam professores da escola Belchior Barbosa da Silva, localizada no povoado Carnaíba e da escola Antônio Ferreira de Oliveira, localizada no povoado Canela de Velho; da Rede Estadual de Ensino, participam professores da escola João José Ramos, no povoado Km 80.

A formação é uma das principais ações do Projeto Viva o Semiárido (PVSA), resultado de um Acordo de Empréstimo firmado entre o Governo do Estado do Piauí e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), com o objetivo geral de contribuir para a redução da pobreza e dos níveis de extrema pobreza da população rural do semiárido piauiense por meio do incremento das atividades produtivas predominantes e do fortalecimento organizacional dos produtores rurais.

Um novo olhar sobre o Semiárido, essa é a avaliação da diretora da Unidade Escolar Antônio Ferreira de Oliveira, Janaiane dos Anjos Silva, sobre a semana de formação. “Foi uma semana muito proveitosa, onde pôde ser adquirido bastante conhecimento de como se deve ocorrer uma educação contextualizada com o nosso real semiárido, onde foi trabalhado com nós docentes o valor pelo pertencimento do campo, pois Campo Grande é um município em sua essência do campo. Como a educação campo-grandense deve se guiar para melhorar cada vez mais o interesse e o despertar para que a contextualização do semiárido com a vida acadêmica dos nossos alunos”.

De acordo com a coordenadora geral da ECSA da Seduc, Mirian Medeiros Silva, que ministrou a formação, o município agora terá a oportunidade de apresentar projetos e concorrer a recursos, para desenvolver na prática. “Estamos hoje finalizando a semana de trabalho, foram quarenta horas em que a gente discutiu sobre educação do campo, sobre pedagogia da alternância, tudo isso visando que o município possa ressignificar as escolas do campo, compreendendo experiências diferentes. Fizemos uma visita a uma escola Agrícola no município de São João da Varjota-PI, pra que os professores vejam que aquilo que estudaram na formação é hoje uma realidade viva e presente no Piauí, em que podemos ter processo de educação do campo, em que as crianças possam estudar de modo contextualizado a sua realidade, e a gente conclui hoje aqui, com esse momento festivo, acreditando que os professores compreenderam a proposta e com força de vontade, sim o município tem toda condição de iniciar um projeto, para implementar uma educação diferenciada”, disse Miriam.

Confira mais imagens do evento:

Fonte: cgnoticias

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos