22/Oct/2018
Segunda-Feira - 22 de Outubro de 2018
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

O STJ autorizou o cancelamento da CNH de quem estiver com o nome no SPC e SERASA?

Por: Roberto - 12/06/2018

PPN-IMG-5cd626f98873d5fe5413.jpg

É verdade que o Superior Tribunal de Justiça aprovou uma Lei que cancela a CNH dos motoristas que estiverem com o nome sujo no SPC e SERASA?

A notícia surgiu nas redes sociais no começo de junho de 2018, sendo também muito compartilhada através de grupos do WhatsApp. De acordo com o texto, quem tiver com IPVA de veículo atrasado ou com nome cadastrado no SPC ou SERASA terá a CNH automaticamente cancelada!

A medida teria sido aprovada nesta semana pelo STJ e teria as seguintes especificações:

Dívida até R$ 2 mil no SPC ou SERASA = CNH suspensa por 12 meses. Dívida acima de R$ 2 mil = CNH suspensa por 24 meses e multa. IPVA atrasado acima de 3 meses = Cancelamento definitivo da CNH e multa de R$ 2.934,70.

O texto ainda pede para que essa notícia seja repassada para o maior número de pessoas, para que todos assinem a petição exigindo a revogação dessa lei!

Será que isso é verdade ou mentira?

Verdadeiro ou falso?

Um site já bastante conhecido aqui no E-farsas por inventar e disseminar fake news publicou na segunda semana de junho de 2018 esse alerta, pedindo para que todos assinassem uma petição exigindo a revogação dessa Lei (que no Avaaz foi criada por um perfil falso em nome da OAB para derrubar uma “autorização”, ao invés de uma Lei, do STJ). Até o momento dessa publicação, a petição no Avaaz já tinha arrecadado mais de 50 mil assinaturas!

Pra quem ainda não conhece, esse é o mesmo site que inventou a fake news que afirmava que um torcedor fanático havia trocado uma noite com a sua esposa por ingressos para ver o seu time. O mesmo site também inventou a notícia do padre maranhense que teria sido preso ao recusar fazer um casamento gay.

Só que não há nenhuma aprovação do Superior Tribunal de Justiça a respeito “na semana passada”, como informa o texto!

O fato do motorista estar com o IPVA em atraso não justifica a apreenção do veículo, dizem tributaristas.

Quem inventou essa história pode “ter se inspirado” em uma decisão de 2015, autorizando o cadastro do nome do proprietário que não pagar IPVA no Serviço de Proteção ao Crédito. No entanto, não há nenhuma punição no sentido de confiscar a CNH dos inadimplentes.

O autor dessa fake news também pode ter “se confundido” com uma notícia de um caso julgado pelo STJ autorizando a CNH de um motorista que tinha dívidas no valor de pouco mais de R$ 16 mil, mas – apesar de abrir precedentes – não é uma decisão que se aplica para todos os motoristas.

Conclusão

A notícia afirmando que o STJ autorizou o cancelamento da CNH de motoristas com o “nome sujo” é falsa!

Fonte: E-farsas

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos