18/Dec/2018
Terça-Feira - 18 de Dezembro de 2018
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Policia

Traficantes presos com avião clandestino são condenados pela justiça

Por: Roberto - 05/12/2018

PPN-IMG-8244ee1044d883a00d16.jpg

Os traficantes presos na cidade de Barreiras do Piauí em janeiro de 2018 com um avião clandestino carregado com mais de 200 kg de cocaína foram sentenciados pela justiça, pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e associação para o tráfico de drogas.

O juiz da Comarca de Gilbués, Markus Calado Shutz condenou o réu Angelo Augusto Ribeiro Boechat à pena de 13 anos, 1 mês e 13 dias de reclusão e Nagib Brito de Aquino a 11 anos e 8 meses de reclusão. Os réus permanecerão presos durante o julgamento dos recursos e o cumprimento da pena deverá acontecer em regime fechado.

O magistrado também sentenciou a perda do cargo de Nagib Brito de Aquino, servidor público federal vinculado ao Ministério da Agricultura, além da perda da sua habilitação para pilotar.

O juiz determinou ainda a perda do avião Cesna Aircraft, modelo T210M, e do dinheiro apreendido em favor da União Federal. A aeronave permanecerá sob os cuidados da Polícia Militar do Estado do Piauí até o trânsito em julgado.

 

RELEMBRE O CASO

A Polícia Militar apreendeu aproximadamente 200 kg de cocaína e certa quantia em dinheiro no dia 26 de janeiro, no município Barreiras do Piauí. A maior parte da droga foi encontrada em uma pequena aeronave nas imediações da cidade. Foram presos Nagib Brito de Aquino, piloto do avião, e Angelo Augusto Ribeiro Boechat Lopes.

Segundo informações do 7° Batalhão da Polícia Militar, o avião saiu de Altamira, no Pará, com destino ao Maranhão para fazer a entrega da droga. No entanto, faltou combustível e o piloto teve que realizar um pouso de emergência. Populares desconfiaram e acionaram a Polícia Militar que ao chegar ao local encontrou 06 sacos, cada um deles com 30 tabletes de cocaína prensada.

FONTE: Portal Corrente

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos