24/Apr/2019
Quarta-Feira - 24 de Abril de 2019
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

Dona de casa do PI morre no Ceará em cirurgia feita por robô

Por: Roberto - 10/02/2019

PPN-IMG-d46130ec28ec9953cfc0.jpg

A morte de uma dona de casa em Fortaleza (CE), mas que era natural do Piauí com família de Cocal, na região Norte do Piauí, Edna Miranda, vai abrir uma grande discussão médica internacional de questionamento da eficiência das cirurgias feitas por robôs.

Edna Miranda morreu na sexta-feira (08), durante uma cirurgia feita por robô na capital do Ceará, onde mora com sua família há décadas.

Edna Miranda foi submetida a uma cirurgia, mas o médico humano fez apenas uma pequena intervenção, uma pequena perfuração.

Imagem ilustrativa/  Wikimedia 

A família da vítima foi informada de que o robô fez um estrago no organismo da piauiense ao fazer a intervenção cirúrgica no órgão errado e não que causava sua doença.

O hospital em que a cirurgia foi feita e Edna Miranda morreu vai dar mais explicações sobre o erro do robô no procedimento cirúrgico fatal.

Mais de 140 pacientes morreram em cirurgias com robôs nos EUA

Um estudo sobre segurança de robôs cirurgiões conclui que as máquinas são responsáveis por pelo menos 144 mortes e mais de 1000 lesões durante um período de 14 anos nos Estados Unidos. Os casos incluem instrumentos quebrados caindo dentro do corpo dos pacientes, faíscas elétricas causando queimaduras e cicatrizes e erros de sistema que fazem os procedimentos durarem mais do que deveriam.

O relatório afirma que esses dados representam uma pequena quantidade em comparação com o número de cirurgias realizadas através dos robôs. Porém, os números mostram que é necessário tomar algumas medidas de segurança.

“A adoção de técnicas avançadas de concepção e operação de sistemas cirúrgicos robóticos podem reduzir os incidentes evitáveis, no futuro”, diz o relatório.

A utilização das máquinas pode reduzir o risco de infecções nos pacientes e ajudar a acelerar o processo de recuperação. A Faculdade Real de Cirugiões do Reino Unido afirmou que é preciso ter cuidado com as informações contidas no relatório.

meionorte

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos