03/Jun/2020
Quarta-Feira - 03 de Junho de 2020
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Política

Wellington pode anunciar secretariado ainda hoje, indicar líder do governo

Por: Roberto - 30/04/2019

PPN-IMG-eb26d5dbb003af2156fa.jpg

Líder do governo na Assembleia Legislativa, o deputado Francisco Limma (PT) manifestou da vontade do governador Wellington Dias em anunciar sua nova equipe de governo ainda nesta terça-feira (30), por volta de meio dia. Ele esteve mais cedo na residência oficial para conversar com o líder petista e confirmou que a posse dos novos indicados deve de fato acontecer na próxima semana.

— A princípio seria meio dia, mas não está nada decidido. E a posse, na semana que vem — comentou.

Porém, o governador precisa ainda, segundo o deputado, acertar alguns espaços, numa definição que comparou com um jogo de xadrez.

— Você pensa que arruma um canto e desarruma outro — diz o deputado.

A dificuldade no momento é com a ausência de muitos líderes, que estão no interior do estado em festividades de aniversário dos municípios. Uma das conversas, revela Limma, é com o deputado estadual Fábio Novo, que deve ser reconduzido ao comando da secretaria de Cultura.

Saúde e Educação

O líder do governo negou que as duas áreas sejam da cota do PT, indicando-as como espaços de indicação do governador. Sobre as indicações do Partido dos Trabalhadores, está ainda em aberto a definição sobre a área de infraestrutura pleiteada pela legenda.

— Cidades é uma das que está nesta possibilidade, mas não está batido o martelo — explica Limma.

Audiências

Nesta manhã, Wellington tem audiências importantes para acertar seu secretariado. Uma delas com Florentino Neto, atual secretário de Saúde, e que pode permanecer na pasta, agradando interesses do governador e também do Partido Progressistas, aliado palaciano, e que manifestou desejo pelo espaço.

Outra audiência é com o deputado estadual Pablo Santos, que chegou por volta de 9h30 à residência oficial. Ele comandou a Fundação Piauiense de Serviços Hospitalares (Fepiserh), pasta cuja extinção foi aprovada pela Assembleia Legislativa, mas que depende da decisão do governador para sair de vez da estrutura administrativa estadual.

180gruas

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos