19/May/2019
Domingo - 19 de Maio de 2019
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

Aluno do IFPI de Paulistana conquista 2º lugar em olimpíada e representará PI na Coreia do Sul

Por: Roberto - 13/05/2019

PPN-IMG-b079c089b0b965d42419.jpg

O aluno do Instituto Federal do Piauí (IFPI), campus de Paulistana, Ednaldo de Sousa, conseguiu se destacar na participação na 9ª Olimpíada Brasileira de Agropecuária (OBAP). Na categoria individual, o estudante garantiu a segunda melhor nota da competição juntamente com candidato do campus Uberaba do IFTM.

Além do segundo lugar, Ednaldo, juntamente com os alunos Andreia Sousa, e Wilson Paixão, que formam a equipe Agro forte, conseguiram o terceiro lugar na classificação final, modalidade Integrado.  Os estudantes foram os únicos piauienses a participarem da olimpíada.

Ednaldo disse que a conquista mostra o potencial do campus. “Foi uma experiência muito boa, quando pudemos mostrar que nossa escola técnica, apesar de ser localizada no interior do Piauí, ela tem um desempenho equivalente ao de todas as outras” disse Ednaldo.

Através do resultado positivo obtido na OBAP, Ednaldo representará o estado do Piauí na 13ª edição da Olimpíada Internacional de Ciências da Terra, que será realizada de 23 de agosto a 3 de setembro, na Coréia do Sul.

O jovem, que é natural de Acauã, saiu da zona rural para investir nos estudos e hoje colhe os frutos do seu esforço. Ele é filho de Maria Perpétua e Marcelino, que não tiveram a oportunidade de estudar, mas estão investindo na educação do filho.

O sonho de Ednaldo é contribuir para a melhoria de vida das pessoas que moram no campo. “Meu sonho é estudar e mostrar como a ciência pode melhorar a vida no campo, no semiárido, e como a educação, com esse conhecimento levado à população que mora nessas regiões, pode ajudar na melhoria de vida dessas pessoas” falou.

A 8ª edição da OBAP foi disputada em setembro de 2018, no estado de Minas Gerais, com a participação de estudantes de 133 unidades educacionais diferentes, sendo escolas federais, estaduais e municipais, vindos de 25 estados do país. Também participaram duas equipes da Angola e três de Portugal, membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

A olimpíada, que é voltada para estudantes dos cursos da área de agrárias, estimula o ingresso de jovens do ensino médio/técnico integrado, concomitante e técnico subsequente em carreiras técnico-científicas, incentivando a participação em atividades de iniciação científica, colocando-os em situações desafiadoras, estimulando a cooperação e a integração entre os participantes.

Texto: Cidades na Net | Com informações do G1

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos