25/Aug/2019
Domingo - 25 de Agosto de 2019
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

Em Belém do Piauí Luz para Todos leva energia e dignidade para 48 famílias

Por: Roberto - 20/07/2019

PPN-IMG-ead9134bb83a7f60af80.jpg

Moradores de 12 (doze) comunidades do município de Belém do Piauí, no sudeste do Piauí, que até bem pouco tempo viviam como no século XIX precisando recorrer à lamparina ou lampião para iluminar as noites, a partir desta sexta-feira, 19, passaram a contar com luz elétrica em suas casas, resultado da expansão do programa ‘Luz para Todos’ na zona rural.

O sonho que somente agora foi concretizado, é resultado do grande esforço do Prefeito Ademar Carvalho e do Deputado Federal Júlio César, que incluiu entre suas prioridades o referido programa no município. O chefe do Executivo Municipal, ao lado do Secretário de Admiração, Sherlyn Oliveira, e do Vereador Luís de Sousa Carvalho, descendente da localidade Lagoa Grande beneficiada pela ação, prestigiaram a chegada da energia na região.

Comunitários que precisavam da lamparina para iluminar a noite, agora comemoram a chegada da energia elétrica. A obra de eletrificação executada irá beneficiar diretamente 48 (quarente e oito) famílias das seguintes comunidades, Beira Rio, Lagoa Grande, Jurema, Serrote, Lealdade, Realidade, Casa Nova, Juazeiro Grande, Unha de Gato, São José, Corcundo e Pajeú.

A iniciativa mudou completamente a vida dos moradores locais que ainda viviam sob a luz de velas, isolados e sem acesso à tecnologia. Habitantes das comunidades festejaram a chegada do benefício.

“Não era nada fácil a gente sofria bastante sem energia, nós vivíamos no escuro. Agora ficou bom pela chegada da energia, compramos geladeira e televisão, as outras coisas a gente já tinha antes de aparecer energia porque a gente tinha fé dela aparecer, o pessoal andou aqui e pegaram o nome e os documentos e prometeram que a energia vinha logo, e foi aí que nós compramos o ventilador e a sanduicheira. Antigamente a gente tinha que ir no Belém quase todo dia comprar alimentos, pois se comprasse tudo de uma só vez era prejuízo, os nossos alimentos estragavam porque não tinha geladeira, então nós comprávamos só a conta. Era uma vida muito difícil, não gosto nem de lembrar, mas graças a Deus nossa vida melhorou, tudo ficou ótimo”, lembra a agricultora Luizete Luiza de Carvalho da localidade Lagoa Grande.

Atualmente, a agricultora vive uma realidade muito diferente, pois é uma das clientes que foi beneficiada pelo Programa Luz para Todos, que leva energia elétrica às zonas rurais dos municípios piauienses.

Um dos primeiros moradores da localidade Lagoa Grande, Raimundo Anfrisio de Carvalho, de 83 anos de idade, desfruta hoje de uma alegria que há muitos anos não sentia. “Chegando energia até a saúde melhora, pois trabalho mais pouco, e escuridão agora acabou, só fica no escuro quem não quer ascender as luzes”. Relatou.

Senhorzinho, como é conhecido, falou também sobre a melhora nos poços tubulares que agora contam com energia. “Eu quando cheguei aqui a água era carregada do rio em jumento, depois chegou os poços tubulares que melhorou muito a nossa vida, mas só funcionavam no motor, e você sabe a garantia não era tão grande, pois vários problemas atrapalhavam o funcionamento, às vezes não queria pegar, outra vez faltava alguma peça, tinha também o gasto com combustível e sem contar que era tudo no trabalho braçal, e agora é só na energia é só ligar a energia e pronto”. Disse.

Sentados na sala da pequena casa de cinco cômodos, José de Carvalho Neto, e a esposa, a dona Marines de Carvalho, compartilham um momento de companheirismo e feliciade. Todo dia, assistem, “lá para de tardezinha, uma novelinha na televisão”.

“Era muito ruim, a noites eram só lanterna e escuridão,” lembra o agricultor conhecido como Zé de Bebela. A esposa, Marines relata as facilidades proporcionadas pela energia. “Agora é bom demais, tudo fica conservado na geladeira, além dos vários aparelhos como liquidificador que hoje para fazer suco basta dá vontade”.

Com uma personalidade bastante extrovertida e com um sorriso de orelha a orelha a aposentada, Maria Jesmine de Carvalho, celebra a chegada da energia. “Era um sofrimento danado, quando a lamparina se apagava ficava tudo no escuro, mas hoje abaixo de Deus a energia para nós é tudo, agora ficou claro ninguém ‘tropica’ nem sobe em saco ou cabaça”. Brincou a agricultora.

Maria das mercês de Carvalho Bento, de 83 anos idade, mostra com muito orgulho a diferença em que a energia faz no cotidiano da vida de quem não usufrui do benefício que é a energia oferece. “Isso aqui é um ferro e um liquidificador que a gente usava antes da chegada da energia que a partir de agora serão aposentados, ficaram guardados apenas como forma de recordação dos tempos mais difíceis”. Relatou.

Dona Josina da localidade Lealdade, ainda carrega consigo as lembranças de como era viver sem os benefícios elétricos. “A chegada da luz simboliza a chegada de uma maior dignidade de vida”. Evidenciou.

Para o chefe do executivo municipal, Ademar Aluísio de Carvalho, a chegada da energia era a maior luta e sonho de sua gestão. “A chegada da energia possibilita a integração de programas sociais e ações de atendimento de serviços básicos como educação, saúde, abastecimento de água, e ainda as políticas de incentivo à agricultura familiar, aos pequenos produtores e comerciantes locais. Nós vamos utilizar as tecnologias para melhorar os serviços e garantir mais qualidade de vida para os moradores”, disse.

“O programa Luz para Todos, de iniciativa do Governo Federal em parceria com o Estado e Município garante mais dignidade para os nossos produtores”. Destacou.

Além do Luz para Todos, a Prefeitura Belém do Piauí realizou o aprimoramento dos poços tubulares. Nesse trabalho foi efetuado a troca de maquinas motorizadas pelo uso de energia elétrica nos respectivos reservatórios. A meta é facilitar o trabalho dos produtores rurais das localidades, Lagoa Grande, Pajeú, Jurema, Serrote, Lealdade, Realidade e Retiro 2.

Veja fotos;

Fonte: Infonewss.com

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos