19/Feb/2020
Terça-Feira - 18 de Fevereiro de 2020
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

Valor de herança de Cristiano Araujo deixa família frustrada

Por: Roberto - 24/01/2020

PPN-IMG-cfdac5f5d29616d8e0ba.jpg

O programa "Fofocalizando" do SBT, fez uma revelação inédita sobre a herança deixada por Cristiano Araújo. De acordo com o programa, após 5 anos da morte de um dos maiores nomes da música sertaneja, ainda existem muitas dúvidas sobre a divisão da herança do artista.

De acordo com a notícia divulgada pelo programa, o cantor não teria acumulado grandes riquezas. Na época da morte, o fato envolvendo o cantor Cristiano Araújo comoveu todo o país, deixou toda a classe musical em luto e teve uma extensa cobertura jornalística do velório das vítimas em todos os veículos de comunicação.

A fortuna de Cristiano não chegaria aos quatro milhões de reais. Além disso, o inventário do cantor não estaria completo, pois ele deixou dívidas.

Cristiano deixou dois filhos. A família de Araújo teria ficado frustrada, já que os valores deixados pelo músico seriam bem menores do que a maioria acreditava.

Cristiano Araújo e namorada dele, Allana Moraes, faleceu em um acidente de carro na BR-153, entre as cidades de Morrinhos e Pontalina, em Goiás, no dia 24 de junho de 2015. Araújo voltava de um show em Itumbiara, sul de Goiás, quando o veículo que ele estava, uma Range Rover, saiu da estrada e capotou.

O cantor tinha 29 anos e sua namorada, Allana Moraes, estava com 19. Na ocasião, as investigações concluíram que o motorista dirigia o carro acima da velocidade permitida e com as rodas do veículo danificadas.

O condutor era Ronaldo Miranda, que foi condenado, em janeiro de 2018, por homicídio culposo (quando não há a intenção de matar). Em decisão em primeira instância, Miranda foi condenado a 2 anos e sete meses de detenção em regime aberto, mas a pena foi convertida em prestação de serviços comunitários e pagamento de multa de R$ 25 mil.

Em dezembro de 2019, o Tribunal de Justiça de Goiás analisou um recurso da defesa do réu, mas decidiu por manter a condenação.

Meionorte

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos