30/Nov/2020
Segunda-Feira - 30 de Novembro de 2020
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Municípios

Carnaúba se destaca como fonte de renda no Piauí, mais precisa ser preservada, alerta educadora do Campo, veja

Por: Roberto - 10/09/2020

PPN-IMG-3da2aa0b2c39f5c903c6.jpg

Árvore símbolo do nosso estado Piauí a carnaúba é também conhecida como a árvore da vida, porque é cem por cento reaproveitada pelo homem, dela se usa o caule, as folhas, os frutos e até a raiz como um poderoso diurético e ante inflamatório. A carnaúba também garante o sustento de muitas famílias em muitas regiões do estado.

Porém é um trabalho desvalorizado pelos chamados arrendatários que alugam a palha quando está pronta para a extração e contratam operários sem leis trabalhistas garantidas e sem fornecer os devidos equipamentos de proteção, sendo que a indústria fatura no período de safra da palha de carnaúba no estado o total aproximado de 12,1 milhões de reais por ano segundo o site de notícias G1. É muito dinheiro né? Com isso ano passado o Piauí se destacou como segundo produtor e exportador da cera de carnaúba do Brasil.

Maria Joana que é formada em educação do campo, faz alertas quando a preservação da Carnaúba, pois no município de Massapê do Piauí a carnaúba tem um forte inimigo na nossa região a “Viúva Alegre” uma planta invasora que veio para nossa região, uma espécie de cipó que abraça a carnaúba e mata, além de dificultar o trabalho dos operários.

A viúva alegre se alastra muito rápido e é quase impossível destruí-la por ser muito resistente, para a viúva alegre não tem tempo ruim daí a origem do nome na nossa região. Além do mais não existe preocupação dos donos dos carnaubais muito menos da indústria que só visa lucro e com isso a carnaúba fica cada vez mais ameaçada e se a carnaúba acabar as poucas famílias que ainda resistem e não vão trabalhar fora em outros estados ficarão sem renda durante a metade do ano. Por isso é preciso lutar pela sobrevivência da carnaúba, é preciso pensar em forma de preservação dessa árvore tão importante para nós palheiros (quem trabalha com palha) e também uma organização que garanta os direitos desses trabalhadores, seria muito bom se existisse uma cooperativa na nossa região.

Quando eu falo de arrendatários estou falando dos grandes empresários que liberam o dinheiro para o aluguel dos carnaubais.

 

Formação acadêmica da autora do texto:

_Maria Joana da Silva Formada em Educação do Campo pela UFPI, Trabalha na Prefeitura Municipal de Massapê do Piauí no cargo de provimento efetivo de agente em Gestão Pública.

 

Fotos: Noticiasdo75

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos