21/Apr/2021
Terça-Feira - 20 de Abril de 2021
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

Petrobras anuncia novo reajuste para gasolina e para o diesel

Por: Roberto - 08/03/2021

PPN-IMG-f0999d29ebda5a443f9c.jpg

A Petrobras vai aumentar os preços da gasolina e do diesel vendidos nas refinarias nesta 3ª feira (9.mar.2021). A gasolina vai encarecer R$ 0,23 por litro. O diesel terá alta de R$ 0,15.O anúncio foi feito nesta 2ª feira (8.mar.2021) pela estatal. Eis a íntegra (64 KB).

O último reajuste havia sido feito há exatamente uma semana. Os preços médios da Petrobras nas refinarias serão de R$ 2,84 por litro da gasolina e de R$ 2,86 por litro para o diesel.

Eis os preços:

gasolina – era de R$ 2,60. Foi para R$ 2,84; diesel – era de R$ 2,71. Foi para R$ 2,86.

O reajuste é anunciado em meio ao processo para a saída de Roberto Castello Branco do comando da petroleira. Os preços da Petrobras têm sido alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro. A estatal se baseia na cotação do petróleo no mercado internacional e na cotação do dólar.

A moeda norte-americana subiu 1,39% na última semana, chegando aos R$ 5,38. Nesta 2ª feira (8.mar.2021), opera em alta e chegou a custar R$ 5,76.

A cotação do barril de petróleo tipo brent também subiu na última semana e, no domingo (7.mar.2021), ultrapassou US$ 70 pela 1ª vez desde 27 de maio de 2019. Nesta 2ª feira, opera perto de US$ 68,70.

De acordo com a estatal, o alinhamento dos preços ao mercado internacional “é fundamental para garantir que o mercado brasileiro siga sendo suprido, sem riscos de desabastecimento, pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros refinadores, além da Petrobras”.

A Petrobras disse que o equilíbrio competitivo é responsável pelas reduções de preços quando a oferta cresce no mercado internacional.

6ª ALTA DE 2021

A Petrobras já anunciou a alta dos preços de combustíveis 6 vezes em 2021. A última tinha sido em 1º de março, pouco antes da troca de comando da estatal ser anunciada pelo presidente Bolsonaro. Nas ocasiões, a Petrobras sempre frisou que o aumento dos preços para a refinaria não impactam diretamente nos valores cobrados em postos de distribuição.

A empresa disse em 18 de fevereiro ter “influência limitada sobre os preços percebidos pelos consumidores finais”. E acrescentou que “o preço da gasolina e do diesel vendidos na bomba do posto revendedor é diferente do valor cobrado nas refinarias da Petrobras“.

msn

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos