18/Oct/2021
Segunda-Feira - 18 de Outubro de 2021
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Política

Ciro Nogueira revela nome de candidato ao Senado da oposição

Por: Roberto - 26/09/2021

PPN-IMG-402de0870f74e2abc0cd.jpg

O ministro-chefe da Casa Civil Ciro Nogueira (Progressistas) revelou, durante entrevista ao GP1 neste sábado (25), que o prefeito da cidade de Floriano, Joel Rodrigues (Progressistas), poderá ser o escolhido do grupo para ocupar a vaga de senador na chapa da oposição, nas eleições de 2022. De acordo com ministro, o prefeito reúne todas as condições para estar neste espaço majoritário.

“Grande nome, ele [Joel Rodrigues] tem tudo para ser nosso candidato [ao Senado Federal em 22]”, revelou o ministro-chefe da Casa Civil à nossa reportagem.

Ciro Nogueira

O GP1 também conversou com o presidente do Diretório do Progressistas no Piauí, deputado estadual Júlio Arcoverde e ele confidenciou que Joel já externou disposição de renunciar ao cargo de prefeito para se lançar como candidato a senador.

“Joel colocou o nome à disposição do partido e teve uma aceitação muito boa”, declarou Arcoverde. “Ele propôs que independente de qualquer coisa, renuncia e compõe a chapa de senador”, acrescentou o presidente do PP.

Cabeça de chapa

Com a revelação do nome de Joel Rodrigues, a chapa da oposição já estaria montada, uma vez que, a deputada federal Iracema Portella (Progressistas) e o ex-prefeito de Teresina Sílvio Mendes (PSDB) já confirmaram que um deles será candidato a governador e o outro comporá o cargo de vice. Pesquisas definirão a posição de cada um na chapa.

Expectativa

Existe ainda uma expectativa de que o PSD, do deputado federal Júlio César Lima, possa vir a aceitar compor a vaga de senador da oposição. O PSD está na base do Governo Wellington Dias e vem reivindicando participação na chapa majoritária do Palácio de Karnak. No entanto, os três principais espaços governistas já estão ocupados.

A vaga de governador deverá ser preenchida pelo secretário da Fazenda, Rafael Fonteles (PT), a vice está prometida ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho e o cargo de senador será de Wellington Dias. Com isso, só restariam ao PSD as suplências de senador que, aliás, já foram recusadas por Júlio César e pelo deputado estadual Georgiano Neto.

GP1

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos