25/Jun/2021
Quinta-Feira - 24 de Junho de 2021
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Municípios

Prefeito de Marcolândia gasta R$ 1,9 milhão com manutenção de veículos

Por: Roberto - 06/05/2021

PPN-IMG-bc016dc7a0b75f06f28a.jpg

No dia 28 de abril, o prefeito do município de Marcolândia, Corinto Machado de Matos Neto, assinou três contratos no valor total de R$ 1.970.528,84 (um milhão, novecentos e setenta mil, quinhentos e vinte e oito reais e oitenta e quatro centavos). Os contratos têm vigência até 31 de dezembro.

Os três contratos, embora firmados com empresas diferentes, têm o mesmo objeto, a contratação de empresa para manutenção da frota de veículos da Prefeitura Municipal, e são advindos do mesmo procedimento licitatório, o Pregão Presencial nº 017/2021.

Foto: Diário Oficial dos MunicípiosContratos firmados pela Prefeitura de Marcolândia.Contratos firmados pela Prefeitura de Marcolândia.

O contrato nº 036.1/2021 foi firmado com a empresa Pedro Feitosa Sobrinho – EPP, no valor de R$ 808.413,00 (oitocentos e oito mil e quatrocentos e treze reais). O contrato nº 036.2/2021 foi firmado com a empresa Casa do Automóvel Ltda – EPP, no valor de R$ 681.263,84 (seiscentos e oitenta e um mil, duzentos e sessenta e três reais e oitenta e quatro centavos). O contrato nº 036.3/2021 foi firmado com a empresa Matheus dos Santos Sousa – ME, no valor de R$ 480.852,00 (quatrocentos e oitenta mil e oitocentos e cinquenta e dois reais).

Foto: Diário Oficial dos MunicípiosContrato nº 036.3/2021 da Prefeitura de Marcolândia.Contrato nº 036.3/2021 da Prefeitura de Marcolândia.

Segundo os extratos dos contratos, as empresas serão pagas com recursos próprios do município, além de fundos do FPM, FME, Fundeb, FMS, FMAS e ICMS.

Outro lado

O Viagora entrou em contato com o prefeito Dr. Corinto Matos para comentar o assunto. Segundo o gestor, os contratos são referentes à manutenção de toda a frota de veículos do município, que inclui maquinários caros e veículos grandes.

“Esses contratos foram republicados. Na publicação anterior, era especificada a questão das autopeças, a manutenção fora do município e a manutenção dentro do município, que foi dividida entre essas empresas e os contratos foram divididos em lotes separados. Essa licitação, se não me engano, é de março, mas não deu para ter a licitação por uma série de fatores, aí foi republicado. A frota do município tem 50 veículos, temos ônibus, muito maquinário que as peças são muito caras. Quando é feita a licitação, não necessariamente vai ser gasto o valor todo. Nós temos que fazer o valor compatível com o mercado, caso haja necessidade de gastar todo”, declarou o prefeito.

 

Viagora

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos