26/Jul/2021
Segunda-Feira - 26 de Julho de 2021
(89) 9 9417-4175
(89) 9 9417-4175

Geral

Ministério tem 72 horas para dizer por que o Nordeste recebeu menos vacinas que o Sul e o Sudeste

Por: Roberto - 20/07/2021

PPN-IMG-7347bcc599e4c263e336.jpg

Os ministérios públicos do Estado (MPCE), Federal (MPF) e do Trabalho (MPT) deram 72 horas para o Ministério da Saúde (MS) explicar por que os estados do Nordeste receberam menos doses de vacinas contra a Covid-19 do que os das regiões Sul e Sudeste do Brasil, considerando a população total de cada.

O prazo começa a contar nesta terça-feira (20). O ofício, enviado por e-mail, também cobra uma resposta a pedido feito em abril pelo acréscimo de 1,440 milhão de vacinas para o Ceará. 

O promotor de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional da Saúde (Caosaúde), Eneas Romero, explica que, no Sul e no Sudeste, os estados receberam mais de 80% do quantitativo de vacinas proporcional à população. No Nordeste, o percentual cai para até 70%. 

“No Ceará, esse número é 61,59%. Ou seja, o Estado é o 23º do Brasil no recebimento de doses proporcionalmente à população, mas é o 2º que mais aplica vacinas”, calcula. 

Para o levantamento, os MPs utilizaram informações do MS e do consórcio de veículos de imprensa, que organiza dados das secretarias estaduais da Saúde. Os números coletados são até esta segunda-feira (19). No período, o Ceará recebeu 5.658.668 doses via Programa Nacional de Imunização (PNI). 

 

Diariodonordeste

Facebook
Twitter
Horóscopo
Eventos